propaganda

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Nação Fast Food

Título Original: Fast Food Nation (2006)
Com: Greg Kinnear, Bruce Willis, Catalina Sandino Moreno, Paul Dano, Ethan Hawke, Wilmer Valderrama, Kris Kristofferson, Avril Lavigne e Patricia Arquette
Direção: Richard Linklater
Roteiro: Richard Linklater e Eric Schlosser
Duração: 115 minutos


O livro “País Fast Food” do jornalista americano Eric Schlosser virou bestseller, inclusive aqui no Brasil, e virou fonte de inspiração para o novo filme de Richard Linklater chamado "Nação Fast Food", que escreveu o roteiro junto com o autor do livro.

No livro, Schlosser denuncia graves problemas das redes de fast food americanas, passando pela higiene até a exploração dos trabalhadores. O filme ganha assim uma cara meio de documentário e começa mostrando Don Anderson (Greg Kinnear), o vice-presidente da uma cadeia de lanchonetes chamada Mickey. Ele é encarregado de ir investigar uma denúncia de contaminação de coliformes fecais nos hambúrgueres antes que isso chegue na imprensa.

Esse é só o patamar inicial da história que mostra outros aspectos como os trabalhadores da fábrica de processamento de carnes, em sua grande maioria imigrantes ilegais vindos do México. A história vai assim ganhando uma dimensão ainda maior, indo além das fast foods chegando ao estilo de vida americano.

O filme conta um grande elenco em excelentes performances, com destaques para as participações especiais de Bruce Willis e Ethan Hawke, Kinnear também está muito bem como o personagem principal da história e a Catalina Sandino (Maria Cheia de Graça) comprova seu talento após sua indicação ao Oscar. Vale citar também a presença peculiar da cantora Avril Lavigne dando uma de atriz e até não fazendo feio.

Apesar do seu conteúdo forte, o filme acabou não fazendo muito barulho, talvez por provavelmente não ter o mesmo impacto do livro. Ou talvez do tema parecido já ter ganhado destaque e “chocado” no documentário “Super Size Me”. O filme peca também um pouco em seu ritmo, mas apesar de suas fraquezas ele não deixa de ser interessante e ter qualidade. Vale a pena uma conferida.
Postar um comentário