propaganda

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Atividade Paranormal 3

Título Original: Paranormal Activity 3 (EUA , 2011)
Com: Katie Featherston, Sprague Grayden, Lauren Bittner, Chloe Csengery, Christopher Nicholas Smith, Jessica Tyler Brown, Brian Boland e Dustin Ingram
Direção: Henry Joost e Ariel Schulman
Roteiro: Christopher B. Landon
Duração: 85 minutos

Nota: 3 (bom)

E a franquia Atividade Paranormal chegou a seu 3º capítulo num esquema de lançamento igual ao feito por outra franquia de terror: Jogos Mortais. Um filme por ano sempre perto da época do dia das bruxas. Além disso, elas também se parecessem no estilo filmes de baixo orçamento. Felizmente aqui o ritmo tem sido mais positivo, mas a fórmula está cansando.

Em “Atividade Paranormal 3” iremos voltar mais um pouco no tempo e acompanhar a infância das personagens femininas (Katie e Kristi) que estrelaram os 2 primeiros filmes. Em 1988 as 2 se mudaram junto com a mãe e o padrasto para uma nova casa e não demora muito para os “fenômenos” começarem a acontecer. 

Como a ideia é de “filmagem encontrada”, uma solução para a trama foi sabiamente incluída. O personagem do padrasto ganha a vida com filmagens, então isso justifica alguns avanços nas técnicas de filmagem do filme sem extrapolar muito na coerência. Ele já tem um bom equipamento de filmagem em casa. Tem uma cena que ele coloca a camera num ventilador para que possa filmar em movimento que é um das mais interessantes do filme.

É interessante também da franquia ver história sendo contada em fatos passados, se aprofundando na “mitologia” da trama. Mas confesso que já cansei e o que queria mesmo ver era uma continuação dos fatos ocorridos no 1º filme.

E apesar dos avanços de “fotografia”, a trama não traz nenhuma surpresa e o formato apesar de ainda dar resultados positivos, isto é, bons sustos, já começa a dar alguns sinais de cansaço. A parte final da história  é um pouco confusa e frustrante apelando para sustos mais gratuitos, mas o resultado final ainda é positivo.
O quarto filme chega aos cinemas agora, vamos ver se dessa vez a história vai caminhar para frente e se vão conseguir manter pelo menos o saldo positivo.
Postar um comentário