propaganda

sábado, 26 de janeiro de 2013

O Último Desafio

Título Original: The Last Stand (EUA , 2013)
Com: Arnold Schwarzenegger, Eduardo Noriega, Forest Whitaker, Peter Stormare, Johnny Knoxville, Luis Guzmán, Jaimie Alexander, Rodrigo Santoro, Zach Gilford, Genesis Rodriguez e Harry Dean Stanton
Direção: Kim Jee-woon
Roteiro: Andrew Knauer e Jeffrey Nachmanoff
Duração: 107 minutos


Nota: 3 (bom)

Após 9 anos se dedicando a política, o ator Arnold Schwarzenegger ensaiou uma volta ao cinema fazendo participações especiais em “Os Mercenários” e agora volta a protagonizar um filme em “O Último Desafio”.

O diretor sul-coreano Kim Jee-woon faz sua estreia em Hollywood com a difícil tarefa de trazer novamente Schwarzenegger novamente de volta ao cinema. E ele fez um bom trabalho ao construir um bom filme de ação com influências de filmes antigos, mas com uma linguagem mais próxima dos atuais.

Schwarzenegger vive um xerife de uma cidade pequena do interior dos EUA que vai ter sua pacata rotina alterada com a passagem de um mafioso que escapa da custódia do FBI e tem o lugar como rota de fuga.

O roteiro conta com alguns absurdos, como por exemplo a ideia do vilão do filme em fugir dos EUA em um carro super veloz, mas tudo é perdoado graças as ótimas cenas de ação e um bom elenco. 

Arnold já mostra sinais da idade, e obviamente rolam algumas piadas em relação a isso, mas é inquestionável o seu talento e carisma para filmes do gênero. E ele mostra que ainda tem muita coisa a mostrar.

Já o elenco de apoio conta com nomes interessantes como o brasileiro Rodrigo Santoro (inclusive dando tiros em cenas de ação), o comediante Johnny Knoxville (em momentos que lembram seu antigo programa Jackass) e o vilão vivido pelo espanhol Eduardo Noriega (do clássico espanhol “Abre los ojos”).

Já as cenas de ação trazem os principais elementos do gênero como perseguições de carro, tiros e porrada. O diretor constrói ótimas situações utilizando muito bem os clichês desse tipo.

O resultado é uma boa surpresa e empolga principalmente graças ao já citado carisma de Schwarzenegger e cumpre bem o papel de trazer novamente o astro de volta ao cinema. Um bom filme de ação que irá agradar tanto os fãs antigos do ator (como eu) como os mais novos.
Postar um comentário