propaganda

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Cinema 4DX

Em 2012 chegou ao Brasil através da rede de cinemas Cinépolis a 1ª sala de cinema da América do Sul com a tecnologia 4DX. Trata-se de uma nova experiência de assistir a um filme. Além da tela em 3ª dimensão, temos outros efeitos sincronizados ao filme para aumentar as sensações da plateia. Essa tecnologia inovadora é parecida com as já existentes em alguns parques temáticos, como os da Disney, e foi desenvolvida pela rede de cinemas coreana CGV em 2009.


É necessária uma sala com equipamentos especiais para usar a tecnologia 4DX. Poltronas com sistema eletrônico de movimentos que permitem simular quedas, trepidações e vibrações, além de aceleração e frenagem. Junte isso com efeitos luzes, aromas, fumaça, nevoa, jatos de ar e spray de água. 
O resultado é uma experiência divertida e diferente de se ir ao cinema. Existem apenas 2 salas desse tipo no Brasil. Uma em São Paulo no shopping JK Iguatemi e outro em Salvador no shopping Bela Vista, ambas da rede Cinépolis. Eu fui assistir o filme “Homem de Ferro 3” na sala de Salvador.

Os efeitos do 4DX realmente dão uma nova sensação a assistir ao filme. Eles ajudam a dar uma experiência mais próxima ao que está acontecendo na tela, mas não espere muito realismo. Deixe-me tentar explicar um pouco como os efeitos são utilizados.

Em cenas com tiros você sente uma corrente de ar na altura do ouvido como se o tiro realmente tivesse passado por você. Quando o Homem de Ferro cai na água um pequeno spray de água vem bate no seu rosto. Se uma bomba explode luzes estroboscópicas piscam no teto da sala. E por aí vai. A tecnologia gera até 20 efeitos diferentes.
O uso do 3D já bate um pouco de onda em mim, as vezes saio da sessão com um pouco de dor de cabeça. Somando isso com cadeira balançando e coisas do tipo batem ainda mais onda.  É divertida, mas um filme de mais de 2 horas pode acabar sendo demais. E também não é algo que vale a pena ir toda semana para não enjoar.

Com os avanços da tecnologia em casa é sempre bom ter novas ideias para levar o telespectador ao cinema em busca de algo diferente que ele não teria em casa. E esse 4DX realmente entrega algo desse tipo. Obviamente que não é qualquer filme que isso funciona ou se justifica.
Postar um comentário