propaganda

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Thriller Live - Brasil Tour

Dia: 26 de Abril de 2013
Local: Auditório Master – Centro de Convenções Ulysses Guimarães - Brasília - DF


O espetáculo Thriller Live foi criado em 2007 com o objetivo de celebrar o cantor Michael Jackson e seus mais de 40 anos de carreira. Ele mesmo aprovou a ideia do show. E após sua morte em 2009 o negócio ainda faz mais sentido por ser uma forma de homenagear o músico. Criado pelo West End (a Broadway do Reino Unido), e após sucesso mundo a fora, o espetáculo chegou ao Brasil com apresentações em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília.


O musical chega ao Brasil com a mesma estrutura de palco, cenografia, figurino e iluminação. Mas algumas mudanças foram feitas especialmente para as apresentações no país. Uma delas foi a inclusão da música “Human Nature” no repertório. Outra foi no elenco que contou com a inclusão de 14 dançarinos, 2 cantores brasileiros Leilah Moreno e Renato Marx (que se juntam aos 6 estrangeiros) e 4 garotos (2 cariocas e 2 paulistas) para representar a fase Jackson Five.
O show é dividido em 2 atos e misturam dança e música, principais características dos shows de Michael Jackson. O início é mais cronológico no 1º ato começando com a fase dos Jackson Five e chegando até o 1º disco solo de Michael: o “Off the wall”. No 2º ato a cronologia é deixada um pouco de lado e temos os maiores clássicos do cantor.

A cenografia palco é bem interessante. Tem um ponte superior com 2 escadas laterais e telões que ficam embaixo da ponte, em cima e nas laterais. Essa parte visual e de iluminação é bem bacana e tem efeitos legais como por exemplo a escada piscando luzes em “Billie Jean” fazendo referência ao clipe. Nos telões em momentos temos projeções de imagens do cantor e em outros servem de pano de fundo para as coreografias.
 Na parte técnica a única coisa que deixa um pouco a desejar é o figurino. Na maior parte do show eles parecem fazer parte de um trabalho de colégio, mas em alguns momentos eles são bem parecidos como em “Smooth Criminal” com os ternos de mafiosos.

Na verdade o show em si lembra em alguns momentos um espetáculo musical feito pelo colégio como se fosse uma “super produção” tipo o seriado Glee ou “High School Musical” da Disney. Mas isso não é ruim. O espetáculo funciona dessa forma e como o objetivo é celebrar a música de Michael Jackson, então tá tudo certo. O negócio é bem divertido! Afinal de contas como não gostar, se emocionar e se divertir com as músicas do rei do pop. Temos momentos de música e dança, mas também momentos apenas com música.
E é justamente nessa parte musical que o show vale a pena. Os cantores que interpretam as músicas são muito bons. Obviamente eles não são parecidos fisicamente com Michael e não tem uma voz igual, mas eles fazem ótimas leituras das canções. Eles interagem com a plateia em alguns momentos, pede pro pessoal bater palma, levantar coisa e tal. E uma banda veio de Londres para tocar as músicas ao vivo que por sinal é excelente.

Como não da para cantar e dançar igualzinho a Michael, então no elenco temos um imitador das danças. E sem dúvidas é um dos destaques do espetáculo. O cara é bom! Ele dança igualzinho, fazendo os principais passos com o moonwalker. É quase como se você estivesse vendo Michael dançando de verdade, impressionante.

Após aproximadamente 2 horas e meia de espetáculo não tem como não sair satisfeito, principalmente quem é fã de Michael Jackson assim como eu. E apesar de um pouco longo, no final ainda fica aquela sensação que poderia ter tido mais e que faltaram algumas músicas. Mas os principais hits estão lá. É uma ótima celebração da incrível carreira desse artista único que deixou sua marca e que infelizmente nos deixou muito cedo.

Mais informações, fotos e videos:
Postar um comentário