propaganda

quinta-feira, 26 de agosto de 2004

De repente 30

E já que estava falando em túnel do tempo e velhas lembranças, o filme tinha muito a ver com isso. "De repente 30", estrelado pela maravilhosa Jennifer Garner.

Para quem está acostumado, que nem eu, a vê-la no seriado Alias como a agente secreta Sidney é até estranho vê-la nessa comédia. Mas não é que ela tem talento pra comediante. As caras que ela faz são sensacionais.

Ela é Jenna Rink, uma menina de 13 anos em plenos anos 80 que depois de uma desastrosa festa de aniversário faz um pedido de ter 30 anos. Graças a um pó mágico, eis que ela acorda no futuro com 30 anos. Completamente desorientada, ela resolve ir atrás do seu amiguinho de infância Matt Flamhaff (Mark Ruffalo) para descobrir como aquilo tinha acontencido. Aos poucos ela descobre que tudo na sua vida deu certo, pelo menos aparentemente. Foi rainha do baile do colégio, ficou com o menino que ela gostava, tinha um bom emprego coisa e tal. Mas nem tudo é o que aparenta ser.

Comédia bastante legal e divertida. Só a cena em que Jenna dança "Thriller" de Michael Jackson já valeu o ingresso.

Impossível não comparar com o filme "Quero ser grande", grande clássico estrelado por Tom Hanks. Tudo para se tornar mais um grande clássico da Sessão da Tarde.
Postar um comentário