propaganda

quarta-feira, 10 de agosto de 2022

X - A Marca da Morte

X - A Marca da Morte” mistura elementos de filmes pornográficos com o gênero terror. O longa apresenta uma história que se passa no final dos anos 1970 para falar de temas que continuam atuais em 2022. A influência da religião no conservadorismo e, principalmente, sexo, seja na liberdade sexual das mulheres ou entre idosos. O diretor Ti West faz uma alegoria interessante sobre esses assuntos. A narrativa principal gira em torno do gênero slasher, prestando homenagem, sobretudo, ao clássico “O Massacre da Serra Elétrica”.

quarta-feira, 27 de julho de 2022

O Beco do Pesadelo (2021)

O Beco do Pesadelo” mostra o quanto o diretor Guillermo del Toro apresenta na tela o seu estilo visual de dirigir. Em seu novo trabalho fica claro através de elementos como fotografia e design de produção que estamos diante de uma obra do cineasta. Dessa vez ele apresenta a sua visão do livro “Nightmare Alley” de William Lindsay Gresham, que foi adaptada para o cinema anteriormente em 1947.

quarta-feira, 15 de junho de 2022

Escrevendo com Fogo

O documentário “Escrevendo com Fogo” mostra o jornal indiano independente formado apenas por mulheres chamado Khaba Lahariya durante o processo de transição para o mundo digital. A ideia é que as matérias passem a ser feitas através de vídeos para serem publicadas na Internet. Parece algo simples e natural no mundo atual onde tudo acontece na velocidade da rede mundial de computadores, mas a questão é a realidade difícil na Índia para as mulheres.

quinta-feira, 26 de maio de 2022

Top Gun: Maverick

Top Gun: Maverick” é melhor que Top Gun em todos os aspectos, menos na trilha Sonora. Realmente é muito difícil superar as músicas do longa-metragem de Tony Scott. O filme de Joseph Kosinski já transporta o espectador para o universo criado em 1986 rapidamente ao começar sua obra exatamente da mesma forma, usando imagens dos caças e do navio porta-avião utilizando a música tema “Top Gun Anthem” de Harold Faltermeyer seguida de “Danger Zone” de Kenny Loggins.

domingo, 24 de abril de 2022

Drive My Car

O filme “Drive My Car” de Ryusuke Hamaguchi tem uma história complexa e cheia de camadas, assim suas quase 3 horas de duração se justificam para dar conta da construção dos personagens e da narrativa. É uma trama complexa e intrigante que aborda temas como sentimento de perda, relacionamentos e do poder da arte no ser humano.