propaganda

sexta-feira, 8 de setembro de 2006

O Sentinela

O filme “O Sentinela” poderia ter sido bom. A começar pelo elenco, encabeçado por Michael Douglas (que também é produtor do filme), que conta também com Kiefer Sutherland (o Jack Bauer do seriado “24 Horas”), Kim Basinger e Eva Longoria (a Gabrielle da série “Desperate Housewives”). Mas com um roteiro fraco e cheio de clichés o resultado acabou sendo negativo.

Na verdade eu já imaginava que o filme fosse fraco, principalmente depois de ler as críticas sobre ele. Mas teve um motivo que me fez ir ao cinema assistí-lo: Kiefer Sutherland, ou melhor Jack Bauer (uuuuuuoooooooohhhhhh!!!).

A trama do filme lembra um pouco a história os temas da série 24 Horas, uma ameaça ao presidente dos Estados Unidos. Existe um complô para assassinar o presidente, um traidor dentro do serviço secreto. David Breckindge (Sutherland) é convocado para investigar e as pistas acabam apontando Pete Garrison (Douglas), um agente com longa experiência a serviço do governo, como principal suspeito. Então começa o jogo de perseguição a Pete, que tenta descobrir a verdade e limpar o seu nome.

O filme até tenta mostrar boas referências com dados realistas e atuais, mas no final das contas a conspiração dentro da trama não passar de um joguinho de intrigas entre seus personagens por causa de problemas pessoais. Pete está tendo um caso com a primeira dama (Basinger) e além disso era amigo de David, mas brigaram devido as suspeitas de Pete ter tido um caso com a esposa de David. Michael Douglas como sempre faz o papel de “garanhão”. E a personagem vivida por Eva Longoria não passa de uma agente que acaba por acaso indo parar na investigação junto com David.

Em um filme desse estilo se espera também muito suspense, mistério e claro, ação. Nada disso é bem aproveitado. Acaba caindo num final cliché e bastante óbvio. A direção de Clark Johnson, que tem experiência em seriados de tv, deixa muito a desejar.

No final das contas ficou parecendo que simplesmente tentaram aproveitar do sucesso na tv de séries como 24 Horas, mas o resultado visto no cinema ficou muito distante do visto na televisão.

Quem sabe Michael Douglas e Kiefer Sutherland ficaram amigos e Kiefer consegue convencer Douglas a aparecer numa futura temporada de 24 Horas. Seria bem interessante. Inclusive já faz um bom tempo que Douglas não faz um filme interessante. E Kiefer devia desistir do cinema e continuar só na tv mesmo como Jack Bauer (uuuoooooooooohhhhhhhh!!!).
Postar um comentário