propaganda

sexta-feira, 2 de março de 2007

Heroes

O novo seriado do momento se chama "Heroes". Ele é uma mistura de X-Men, com os mistérios de Lost, drama, trama adolescente tipo The O.C., quadrinho, ficção científica, e muito mais. Exibido nos EUA pelo canal NBC, a série começou a fazer sucesso antes mesmo de estrear na tv quando o seu episódio piloto vazou na internet. Aos poucos foi ganhando fãs e hoje é um sucesso de audiência nas noites de segunda-feira dos EUA, brigando de frente com 24 Horas da Fox pelo 1º lugar na audiência no horário, garantindo assim a 1ª temporada completa e ao que tudo indica algumas outras temporadas pela frente.

A série foi criada por um cara chamado Tim Kring, criador da série Crossing Jordan. Ele não sabe nada sobre quadrinhos, e agora tem evitado ainda mais lê-los e também ver filmes relacionados para não se influenciar. Para ajudar na “consultoria” e produção está o roteirista Jeph Loeb, que saiu de Lost e também já havia trabalhado em Smallville. A falta de conhecimento de Tim por hérois dos quadrinhos é tanta que numa conversa com Loeb ele falou sobre um personagem que ele tinha pensado que tinha poderes magnéticos e poderia levantar carros coisa e tal. Então Loeb falou: “Magneto”, e Tim respondeu: “o que é isso? algum tipo de poder?”. Parece que Tim acabou descobrindo sozinho que os super-heróis são mais do que seus poderes e sim personagens com dramas e boas histórias. Esse é o tom da série.

Na história temos um professor indiano de genética que investiga uma teoria sobre a evolução humana e a existência de pessoas com poderes vivendo entre nós. Seu filho vai a Nova York depois que ele morre para descobrir o que aconteceu. Enquanto isso somos apresentado aos poucos aos personagens que estão espalhados pelo mundo. Aos poucos os mistérios vão sendo apresentados.

A série vem sendo considerada o “novo Lost” justamente por causa desses mistérios. A grande diferença é que enquanto Lost fica “enrolando”, espalhando informações na internet e parece estar meio perdida, Heroes vai sempre caminhando sem enrolar. Em cada episódio um mistério é revelado e um novo é descoberto. E ao que parece a trama pode caminhar por algumas temporadas e ter uma infinidade de personagens sem se perder.

Aqui no Brasil o seriado começa a ser exibido aqui no Brasil no dia 2 de Março (hoje) no Universal Channel. Além disso foi comprado também pela Record para ser exibido em canal aberto, mas ainda não tem uma previsão de início de exibição. Mas onde a série está realmente bombando é na Internet. No mercado pirata de dvds em São Paulo, os episódios da série vendem mais do que qualquer outra e até mais do que filmes.

Estamos diante de um novo sucesso e de muito boa qualidade. Espero que a coisa continue assim e não acabe se perdendo. Vale a pena conferir!

“Save the cheerleader, save the world”
Postar um comentário