propaganda

sábado, 8 de dezembro de 2007

Happy Feet: o Pingüim

Título Original: Happy Feet (2006)
Vozes na versão original de: Carlos Alazraqui, Denise Blasor, Elizabeth Daily, Sonje Fortag, Khamani Griffin, Hugh Jackman, Nicole Kidman, Robin Williams, Elijah Wood e Brittany Murphy
Vozes na versão em português de Daniel de Oliveira e Sidney Magal
Direção: George Miller
Roteiro: Warren Coleman, George Miller e Judy Morris
Duração: 108 minutos


Eu não entendi a divulgação do desenho “Happy Feet: o Pingüim“ na qual o cartaz mostra os nomes dos atores que dublaram a versão original e trailers mostrando as músicas em inglês com a dublagem original. Aí quando o filme chega aos cinemas, só tem cópia dublada. Otário eu que acreditei na divulgação e achei que ia ter legendado. Enfim, deixando isso de lado vamos ao filme.

Os pingüins estão na moda e o diretor George Miller teve a brilhante idéia de fazer a idéia de pingüins cantores. O resultado foi um sucesso de bilheteria, crítica e prêmios como o Oscar de melhor animação. Ele é um cara bastante versátil, responsável pela trilogia Mad Max, fez também “Babe, o porquinho”, outro sucesso que foi até indicado ao Oscar de melhor filme.

A história fala sobre o Happy Feet (Elijah Wood), um pingüim que não sabe cantar, mas sim dançar, e por isso acaba sendo discriminado em sua comunidade. A coisa muda de figura quando ele encontra um outro grupo de pingüins liderados por Ramon (Robin Williams) e ele é bem acolhido por eles. Mas ele ainda vai enfrentar muita coisa para ser aceito novamente em sua comunidade.

O filme é visualmente muito bonito e também muito divertido. Os números musicais são bem legais, com boas coreografias, além de um repertório bastante interessante. A única coisa que chega perto de comprometer o filme é o seu final sem noção, desnecessário, politicamente correto e idiota. Parece que todo desenho de animais tem que ter alguma mensagem ecológica no final. Apesar disso o resultado final é positivo.
Postar um comentário