propaganda

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Viagem a Darjeeling

Título Original: The Darjeeling Limited (2007)
Com: Owen Wilson, Adrien Brody, Jason Schwartzman, Amara Karan, Camilla Rutherford, Irfan Khan, Bill Murray e Anjelica Huston
Direção: Wes Anderson
Roteiro: Wes Anderson, Roman Coppola e Jason Schwartzman
Duração: 91 minutos


O diretor Wes Anderson conseguiu criar um estilo próprio de fazer filmes, e a mais nova prova disso é esse “Viagem a Darjeeling”. A fotografia, a trilha sonora, o estilo da narrativa, com todos esses elementos já é possível perceber que se trata de um filme dele.

Sendo assim, os fãs do diretor de filmes como “Vida marinha com Steve Zissou” e “Os excêntricos Tanenbauns” tem tudo para saírem satisfeitos do cinema. Para quem não conhece o trabalho dele, vale a pena conferir e ver se gosta. Agora para aqueles que nunca viram nenhuma graça em seus filmes, pode passar longe desse.

Anderson se juntou com o ator Jason Schwartzman e com Roman Coppola (filho do grande diretor Francis Ford Coppola) e foram fazer uma viagem para a Índia em busca de inspiração para o filme. Os três juntos escreveram o roteiro.

A história mostra dos três irmãos Francis (Owen Wilson), Peter (Adrien Brody) e Jack (Jason Schwartzman), que não se falam há um ano, desde a morte do pai. Francis resolve reuni-los novamente em uma viagem de trem na Índia, numa jornada que se torna cada vez mais inusitada. Além disso, ele também reserva uma surpresa, ir ao encontro da mãe.

Os conflitos entre os irmãos e também com as peculiaridades e pessoas do país irão render ótimas situações. Dentro do universo criado por Anderson, esses conflitos familiares são um passo para a reconciliação durante o desenvolver da história.

O resultado é mais um bom trabalho de Anderson, talvez não o melhor da sua filmografia, mas mantendo o mesmo bom nível dos anteriores.

Observação:
Antes do filme deveria ser exibido o curta "Hotel Chevalier", estrelado por Jason Schwartzman e Natalie Portman, que apresenta o personagem Jack em um quarto de hotel em Paris. Funciona como uma espécie de prólogo para o filme.

Infelizmente o curta não foi exibido no Multiplex Iguatemi. Ao final da sessão fui perguntar ao gerente e fui informado que o curta só seria exibido em pré-estréia (!?). Parece que foi só o Iguatemi que resolveu limar o curta, pois em outros lugares estava sendo exibido normalmente.

Entrei em contato com a distribuidora do filme, Fox Filmes, para saber se o curta realmente estava sendo distribuído junto com o filme. Recebi uma resposta dizendo que o curta estava sendo exibido em todas as salas de cinema e eles iam entrar em contato com o Multiplex Iguatemi para verificar o porquê de não estar sendo exibido.

Felizmente o curta foi disponibilizado na Internet e eu acabei conferindo em casa depois.
Postar um comentário