propaganda

quarta-feira, 7 de maio de 2008

O Sonho de Cassandra

Título Original: Cassandra's Dream (2007)
Com: Collin Farrell, Ewan McGregor, Tom Wilkinson, Hayley Atwell e Clare Higgins
Direção e Roteiro: Woody Allen
Duração: 108 minutos


Nota: 3 (bom)

Já devo ter cansado de dizer isso aqui no blog, mas Woody Allen é um dos diretores mais regulares que eu conheço e seus filmes sempre são bons. Incrível como ele consegue fazer um filme por ano, lembrando que ele geralmente escreve o roteiro, dirige e as vezes atua.

Em “O Sonho de Cassandra” ele continua sua temporada de filmes feitos em Londres e deixa de lado a comédia para mais uma vez fazer referência a obra literária “Crime e Castigo” de Dostoiévski, que inclusive já foi título de um de seus filmes. Temos então um drama envolvendo um crime e suas conseqüências com os envolvidos.

Na história temos dois irmãos vividos por Ewan McGregor e Collin Farrel. Tudo começa bem, com os dois se juntando para comprar um barco que acaba ganhando o nome filme. Os problemas começam quando Terry (Farrell) acaba criando uma dívida de jogo e pede ajuda a Ian (McGregor). Eles resolvem então pedir ajuda ao tio Howard (Tom Wilkinson), que em troca do dinheiro pede que eles cometam um crime, assassinar alguém que pode arruinar o seu negócio e colocá-lo na cadeia.

Será que os irmãos estarão dispostos a cometer esse crime para resolver seus problemas financeiros? E será que eles conseguiram agüentar as conseqüências? Com um clima de tensão e suspense ao pouco a história vai sendo construída enquanto os personagens são apresentados a platéia.

A coisa caminha bem até o seu desfecho um pouco abrupto. Na hora de terminar a coisa se complica um pouco, talvez por criar certa expectativa em como a situação irá se resolver. Parece que tudo que foi construído acaba sendo jogado fora.

Mesmo assim o resultado é positivo e temos um bom filme. Sem dúvidas um dos mais fracos de seus últimos trabalhos, mas mesmo assim ainda mantêm a mesma regularidade citada no início.
Postar um comentário