propaganda

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Na Mira do Chefe

Título Original: In Bruges (2008)
Com: Colin Farrell, Brendan Gleeson, Ralph Fiennes, Clémence Poésy e Jérémie Rénier
Direção e Roteiro: Martin Mcdonagh
Duração: 107 minutos


Nota: 4 (ótimo)

O filme “Na Mira do Chefe” marca a estréia na direção de longa-metragens do premiado dramaturgo inglês Martin Mcdonagh após ter ganhado o Oscar de melhor curta-metragem em 2004 com “Six Shooter”. Ele mostra talento ao realizar uma criativa mistura de filme policial com comédia e drama.

Ken (Brendan Gleeson) e Ray (Colin Farrell) são uma dupla de assassinos profissionais. O primeiro é bem experiente enquanto o segundo acaba de realizar seu primeiro trabalho e acaba cometendo um erro trágico. O chefe deles Harry (Ralph Fiennes) os manda para a cidade de Bruges na Bélgica para se refugiarem enquanto aguardam novas ordens.

Bruges é uma cidade pequena com atrações turísticas da época medieval que preserva algumas construções do século 15. Um lugar tranqüilo e bonito para Ken, enquanto Ray acha totalmente chata. É justamente no conflito entre os 2 que surgem ótimas situações e diálogos, ponto de destaque do filme.

A história é simples consegue manter muito bem o tom certo em cada situação, seja ela dramática, comédia politicamente incorretas e claro, cenas de tiro e perseguição. Afinal de contas se trata também de um filme policial.

A direção de Mcdonagh trás elementos do teatro ao valorizar os diálogos transformando a conversa entre os protagonistas em algo bem cotidiano e comum fazendo com que haja uma identificação do público com eles, mesmo se tratando de assassinos.

A atuação é outro ponto que merece destaque. Todos estão muito bem, até mesmo Colin Farrell que surpreende esse ano com mais uma ótima atuação depois do bom trabalho em “O Sonho de Cassandra”. Outro que rouba a cena quando aparece é Ralph Fiennes.

“Na Mira do Chefe” é uma ótima surpresa e realmente surpreende. Ótima estréia do diretor Martin Mcdonagh, que também escreveu o roteiro. É ficar de olho em seus futuros trabalhos, pois são bastante promissores.
Postar um comentário