propaganda

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

High School Musical 3: Ano da Formatura

Título Original: High School Musical 3: Senior Year (2008)
Com: Zac Efron, Vanessa Anne Hudgens, Ashley Tisdale, Lucas Grabeel, Corbin Bleu e Monique Coleman
Direção: Kenny Ortega
Roteiro: Peter Barsocchini
Duração: 112 minutos


Nota: 3 (bom)

Não, você não leu errado, é isso mesmo, essa é uma resenha sobre “High School Musical 3: Ano da Formatura”. Minha namorada assistiu os 2 primeiros e eu acabei indo ver o 3 com ela no cinema. Depois da desculpa esfarrapada, vamos a resenha. E não é que o negocio é até divertido.

O fenômeno High School Musical é algo meio inexplicável. Começou como um filme feito para televisão e cresceu ainda mais na sua continuação se tornando um grande negocio. Então vieram espetáculos no teatro e no gelo, shows, venda de cds e DVDs, videogames, parque temático e uma infinidade de merchandising. Faltava então uma versão para o cinema.

A Disney acertou em cheio ao levar a franquia para o cinema e agora está ganhando ainda mais dinheiro. Gênios! Será que teremos outros filmes no cinema? Pode apostar que sim.

Nesse terceiro filme os alunos do colégio East High School irão enfrentar o “drama” do fim do colégio, separação dos amigos e o começo da “vida adulta”. Então o tema do musical desse ano é justamente o ano da formatura. Na verdade a história pouco importa, são apenas desculpa para os números musicais.

Esse é o grande trunfo do negocio, as músicas e as coreografias. É realmente tudo muito bem feito e realizado. Os atores dançam e cantam muito bem. Destaque principalmente para Zac Efron, que já mostrou talento também em “Hairspray”. As músicas românticas em que Zac faz par com Vanessa Hudgens são as mais fracas e sem graça, mas não chegam a comprometer o filme. Tem outras realmente bem legais e divertidas que compensam.

No final das contas o resultado é realmente surpreendente e vai te conquistando aos poucos. Claro, tem seus defeitos, mas para um filme da Disney feito voltado mais para o público infantil e adolescente eles acabam sendo irrelevantes.

Engraçado como os desenhos da Disney antigos sempre tinham números musicais e canções, mas isso acabou perdendo um pouco a força depois dos filmes da Pixar. Os musicais agora estão de volta na forma desse High School Musical e se tornaram uma nova fonte de dinheiro.

Confesso que depois de assistir ainda não consigo entender o fenômeno e muito menos o apelo infantil do negocio. Até entendo os adolescentes, mas as crianças é realmente estranho.

É legal e divertido, nada mais do que isso. Para quem gosta de musicais é uma boa opção. Agora se você já não gosta do gênero então fuja, pois sua chance de gostar desse é bem pequena.
Postar um comentário