propaganda

sexta-feira, 17 de dezembro de 2004

Os Incrivéis

Não tenho nada contra desenhos dublados. A dublagem aqui do Brasil é uma das melhores do mundo. O que realmente me deixa incomodado é o fato de simplesmente só existirem cópias dubladas do filme "Os Incrivéis" no cinema. Eu queria muito ver esse filme no cinema, mas dessa vez eu queria muito ver a versão original em Inglês. Mas como infelizmente não mandaram nenhuma cópia legendada para nossa cidade, o jeito foi apelar.

Eu não gosto de baixar filme recém-lançados no cinema ou que ainda estão para estrear para ver no computador. Perde muito da graça de assistir no cinema, que é muito melhor. Raras são as exceções em que eu acabo vendo o filme no computador, como foi o caso de "Kill Bill 1 e 2", devivo ao mega-atraso para estréia aqui no Brasil.

Dessa vez tive que baixar o filme "Os Incrivéis" para poder ver a versão em inglês, afinal de contas esperar até sair em dvd ia ser complicado. Só de "protesto" me recuso a ir no cinema ver a versão dublada, por mais que a qualidade da dublagem seja boa (a não ser que fosse pra ir de graça, aí é ninhuma).

Pois então, baixei-o e assisti. E acho que nem preciso dizer que é muito bom, né? Os caras do estúdio Pixar são realmente muito gênios! Eles consegue fazer filmes voltado para o público infantil e adulto, agradando ambos os públicos. O filme pode até ser divido em duas partes: o desenvolver da história e claro, a parte de ação.

A história da família de super-heróis lembra em muito a do Quarteto-Fantástico (que vai ganhar uma versão nos cinemas em breve).



Jà a personagem Edna (que é a figurinista dos heróris) é baseada numa figurinista chamada Edith Head, que trabalhou em vários filmes antigos por mais de 50 anos e faleceu em 1981.


Entre os dubladores da versão original, estão algumas figuras famosas como Samuel L. Jackson (Frozone), Holly Hunter (Helen, a mulher-elástica) e Jason Lee (como o vilão Syndrome).

Não vou ficar aqui contando sobre a história. A maioria aqui já viu o filme e também não vou estragar nada para aqueles que ainda pretendem ir assistir. Assistam sem falta, mesmo tendo que ser a versão dublada nos cinemas pois vale muito a pena.
Postar um comentário