propaganda

quinta-feira, 2 de junho de 2005

Cruzada

Orlando Bloom ganha seu primeiro papel de protagonista de verdade no filme ”Cruzada” (“Kindom of Heaven”) dirigido por Ridley Scott.

Ao ver o trailer do filme e também a maneira como ele é apresentado ao público tudo indica que seria mais um filme “pipoca” seguindo o mesmo estilo de “Gladiador”, também dirigido por Scott. Eu mesmo nem fiquei interessado em assistir.

Eis a minha surpresa, na verdade o filme é um épico dramático baseado em fatos históricos, então sua intenção maior é narrar os fatos e não mostrar cenas de ação. Mas nem por isso elas ficam de fora. As cenas de batalha são impressionantes e utilizam muita bem a violência para ilustrar e causa impacto. Os efeitos especiais e a fotografia também são muitos bem utilizados para ilustrar a história, sem chamar mais atenção para eles.

Talvez o público que tenha ido vê-lo achando que era um filme de ação tenha se decepcionado e ficado “entediado” pela falta de “ação”.

A única crítica negativa fica por conta da edição. Como o filme originalmente teria três horas de duração (a versão completa deve sair em dvd), muitas cortes foram feitos para essa versão no cinema. Da pra perceber nitidamente os cortes feitos “a facão”. Mas isso não chega a estragar o mesmo.

Orlando mostra que é capaz de segurar um filme como estrela, ainda mais apoiado por um elenco muito bom que tem nomes como Jeremy Irons, Liam Neeson, a maravilhosa Eva Green e também uma participação de Edward Norton (que aparece o tempo todo usando uma máscara).
Postar um comentário