propaganda

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

JCVD

Título Original: JCVC (França, 2008)
Com: Jean-Claude Van Damme, Hervé Sogne, François Damiens, Norbert Rutili, Olivier Bisback e Karim Belkhadra
Direção: Mabrouk El Mechri
Roteiro: Frédéric Bénudis, Mr. Mechri e Christophe Turpin
Duração: 96 minutos


Nota: 4 (ótimo)


O ator Jean-Claude Van Damme resolveu fazer um filme bem diferente da sua filmografia. Ele é conhecido por seus filmes de ação e artes marciais, mas ultimamente eles têm sido exibidos nos cinemas e sim sendo lançado direto nas locadoras. Acho que o último filme dele que eu assisti foi “Soldado Universal 2”.

A idéia de “JCVD” é mostrar o ator interpretando o papel dele mesmo passando por uma situação que poderia ter acontecido de verdade, misturando documentário com metalinguagem. Lembram de “Adaptação”, dirigido por Spike Jonze e escrito por Charlie Kaufman, no qual a história mostrava o próprio Kaufman tentando adaptar um livro para o cinema? A idéia aqui é um pouco parecida.

Na história Van Damme está passando por problemas financeiros, sem conseguir papéis em filmes e enfrentando uma separação na qual perde a guarda de sua filha. Ele então volta para Bélgica, sua terra natal, e ao ir num banco acaba virando refém de um assalto, mas a polícia acaba confundindo e achando que ele é o responsável pelo roubo. Está armada a situação e a confusão.

As referências a sua carreira e situação são mostradas com bastante bom humor e com ótimas piadas. Apesar do lado cômico, a parte dramática é que ganha mais destaque. O diretor Mabrouk El Mechri consegue mostrar um lado diferente e pouco conhecido de Van Damme.

Um filme bem interessante, talvez um pouco experimental e maduro demais para os fãs tradicionais de Van Damme, mas vale a pena conferir, nem que seja pela curiosidade. O mundo real e a ficção se misturam de maneira muito boa, confundindo o espectador ao saber se essa é ou não a real situação do astro. Serviu pelo menos para dar um pouco de dignidade ao ator. Resta saber o quanto isso irá afetar a sua carreira. Por enquanto ele já garantiu papel no terceiro Soldado Universal.


Diz a lenda que o filme vai ser lançado no Brasil esse ano, aguardem notícias sobre isso por aqui. Agora o mais provável é que seja lançado direto nas locadoras.
Postar um comentário