propaganda

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Maquinária Rock Fest 2009 - Faith no More

Maquinária Rock Fest 2009: Nação Zumbi, Sepultura, Deftones, Jane’s Addiction e Faith no More
Dia: 07 de Novembro de 2009
Local: Chácara do Jockey – São Paulo – SP


No último sábado 7 de Novembro aconteceram 2 festivais de música em São Paulo: o Planeta Terra que teve atrações como Sonic Youth, Iggy Pop, Maximo Park, Ting Tings, entre outros, e o Maquinaria Rock Fest que teria o Faith no More. Obviamente que eu escolhi a segunda opção, afinal de contas a volta do Faith no More era algo totalmente imperdível.

São Paulo estava bastante quente! O local do show fica numa localização ruim, num lugar longe do centro da cidade, sem muitas opções de transporte e ainda estão rolando algumas obras. Uma das obras é de metrô, então quem sabe daqui a alguns anos a coisa melhore no acesso ao lugar. Por enquanto continua bizarro e problemas bem parecidos com o do show do Radiohead, que foi no mesmo lugar, aconteceram. Muito trânsito tanto para ir quanto para voltar. Dessa vez pelo menos fui com um grupo de amigos numa van alugada, então a coisa foi melhor. Com isso só chegamos ao lugar depois das 18 horas e já estava na metade do show do Deftones, então perdi Nação Zumbi e Sepultura. Sem problemas, o importante e que interessava mesmo era o Faith no More.

Sem muito que falar sobre o que vi do Deftones. Não curto o som da banda, mas tinha uma galera lá curtindo bastante. Meu ingresso era para a pista Premium, então tinha uma área reservada na frente do palco. Além disso, tinha alguns estandes como das revistas Rolling Stones e Trip, que estava distribuindo exemplares gratuitos. Aproveitei que estava com meu celular com acesso a Internet e fiquei postando coisas no Twitter para fingir que Twitter e internet móvel servem pra alguma coisa.

Chegou então a vez do Jane’s Addiction subir ao palco. A banda é legal, mas eu não curto muito. Mesmo assim o show foi bem interessante. O vocalista Perry Farrell é uma figura. Estava com uma roupa bastante “fashion” parecendo Aladdin, ou como alguém definiu: parecia um inimigo do Jiraya. Foi a primeira vez que eles se apresentaram no Brasil e estavam bem felizes com isso. Com tanta empolgação Farrell chegou até a tropeçar umas 2 vezes por se movimentar tanto. No repertório só tocaram as músicas mais conhecidas, com destaque para “Been Caught Stealing” que a música que eu mais gosto deles. Outro destaque foi a presença de 2 mulheres que subiram no palco junto de Farrell para ficar dançando.

Era hora então da grande atração subir ao palco. Enquanto finalmente terminaram de montar o palco, caiu uma chuva brutal! Cobriram o equipamento e esperaram a chuva passar ou diminuir. Por causa disso rolou um atraso de quase meia hora pro início do show.

O Faith no More sobe então ao palco e o vocalista Mike Patton aparece de terno vermelho e com um guarda-chuva na mão. Abrindo o show o cover da música “Reunited” da banda Peaches & Herb, canção que eles vem tocando durante essa turnê de volta da banda para simbolizar a reunião do grupo. O show então começa de verdade com “From out of Nowhere” e a galera vai ao delírio, principalmente esse que vos escreve.

Isso era apenas o início do show. Patton mostrou uma excelente presença de palco e uma enorme simpatia com o público brasileiro, principalmente porque ele sabe falar um pouco de português. Então ele se comunicou com a platéia o tempo todo em português e chegou até a fazer uma versão da música “Evidence” com o refrão traduzindo. Uma das estrofes diz: “I didn’t feel a thing” tornou-se “não estou sentindo nada”. Alias essa música ele dedicou a Zé do Caixão, ótima lembrança.

Uma música que entrou no repertório da banda especialmente para essa turnê na América do sul foi “Caralho Voador”. O nome é assim mesmo em português e um trecho da letra também. A canção é uma espécie de bossa nova.

A banda continua excelente no palco, com destaque para o já citado Patton. Incrível sua versatilidade cantando, misturando berros com melodia, o cara é foda. E o repertório do show foi impressionante, só os clássicos como “Epic”, “Surprise! You’re Dead” e “Last Cup of Sorrow”.

Na volta para o primeiro bis Patton contou que tinha uns 10 anos que a banda tinha tocado no Brasil e que talvez essa fosse a última. Será? Durante “Stripsearch” ele resolveu descer do palco e ir na grade “interagir” com o público gritando “porra” e “caralho”. Foi uma confusão que deu trabalho aos seguranças e 2 pessoas ainda levaram um beijo da boca dele, sendo que um foi um cara. Foi totalmente sem noção.

A banda ainda voltou para mais um bis tocando um cover de Burt Bacharach. A platéia estava pedindo por “Falling do pieces”, que tinha rolado nos shows anteriores no Rio de Janeiro e em Porto Alegre. Mas a banda tocou uma bem melhor: “Digging the grave” que fechou o show em grande estilo.

É realmente muito difícil tentar descrever a sensação de como foi o show. Foi realmente muito bom, muito foda, algo realmente memorável. Sem dúvidas um dos melhores shows que eu já vi na vida.

* Repertório do Faith no More:

1. Reunited (Peaches & Herb cover)
2. From Out of Nowhere

3. Be Aggressive

4. Caffeine
5. Evidence
6. Surprise! You're Dead!
7. Last Cup of Sorrow
8. Ricochet
9. Easy (Commodores cover)
10. Epic
11. Midlife Crisis
12. Caralho Voador
13. The Gentle Art of Making Enemies

14. King for a Day
15. Ashes to Ashes
16. Just a Man Play

Bis:
17. Chariots Of Fire/Stripsearch
18. We Care a Lot


Bis 2:

19. Theme from Scarface/This Guy's in Love with You (Burt Bacharach cover)
20. Digging the Grave


Fotos do show:
http://musica.ig.com.br///fotoshow/2009/11/08/maquinaria_festival___dia_1_622887.html
http://www.rollingstone.com.br/imagens/13231/em/noticias/6847/
http://g1.globo.com/Noticias/0,,GF76876-7085,00-FESTIVAL+MAQUINARIA.html
http://musica.uol.com.br/album/maquinaria-festival-2009-faith-no-more_album.jhtm

Vídeos:
http://musica.uol.com.br/videos/?tagId=166988&tagName=maquinaria%20festival
Postar um comentário