propaganda

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Matadores de Vampiras Lésbicas

Título Original: Lesbian Vampire Killers (Reino Unido, 2009)
Com: James Corden, Matthew Horne, Paul McGann, Silvia Colloca, Lucy Gaskell, MyAnna Buring e Louise Dylan
Direção: Phil Claydon
Roteiro: Steward Williams e Paul Hupfield
Duração: 88 minutos


Nota: 3 (bom)

O filme “Matadores de Vampiras Lésbicas” tem sem dúvidas um dos títulos mais interessante desse ano. E quem diria que esse filme inglês chegaria a ser exibido nos cinemas no Brasil. Além disso, a distribuidora daqui ainda resolveu apostar em cópias dubladas que contam com a presença do cantor da banda Ratos de Porão e apresentador da MTV João Gordo. Felizmente, ou infelizmente para alguns, nenhuma dessas cópias dubladas veio para Salvador.

Um filme com um nome desses obviamente não deve ser levado a sério e é justamente isso que ele faz, ou seja, não se leva a sério. Apesar do tema de terror, a história é uma comédia que faz justamente referências aos filmes do gênero.

Aparentemente o filme parecia flertar com os filmes thrash e divertidos dos anos 50, mas o resultado é mais para o lado cômico, que lembra bastante o estilo do diretor Edgar Wright e seu “Shaun of the dead”. Alias, até a dupla de protagonistas se parecem. A diferença é que enquanto ‘Shaun’ é um filme genial que consegue ser divertido, “sério” e uma excelente homenagem aos filmes de zumbi, ‘Matadores’ é apenas um filme divertido.

A história começa contando a lenda de Carmilla, a rainha vampira lésbica, que antes de ser morta roga uma maldição em uma cidade pequena no interior da Inglaterra chamada Cragwich na qual todas as meninas que completarem 18 anos se tornariam vampiras lésbicas.

De volta aos tempos atuais, iremos acompanhar a dupla Fletch e Jimmy (interpretados por James Corden e Mathew Horne, que fazem sucesso na TV britânica com a série Gavin & Stacey). Enquanto um é romântico e tenta se recuperar por ter sido largado pela namorada, pela 8ª vez, o outro só quer saber de beber e fazer sexo. Os 2 acabam indo passar as férias na tal cidade da maldição e irão se meter em confusões.

É bom ver que com a moda atual relacionada aos vampiros, com os filmes da série “Crepúsculo” e programas de TV como “True Blood”, alguém resolveu se aproveitar e fazer piada com isso. Confesso que não sabia o que esperar desse filme, tinha lido muito pouco e nem sabia que era inglês, então acabei me divertindo bastante e dando boas risadas.
Postar um comentário