propaganda

domingo, 11 de dezembro de 2011

I'm Still Here

Título Original: I'm Still Here (EUA, 2010)
Com: Joaquin Phoenix
Diretor: Casey Affleck
Duração: 106 minutos

Nota: 2 (regular)

O mundo do entretenimento ficou chocado quando o ator Joaquin Phoenix anunciou no final de 2008 que iria se aposentar da carreira de ator. Foi uma baita surpresa já que ele tinha acabado de ser indicado ao Oscar pelo filme “Johnny e June”. Piorou ainda mais quando ele disse que ia virar um artista de hip hop. A partir daí seu comportamento com a mídia mudou e teve o clímax na entrevista que deu em janeiro de 2009 no programa de David Letterman para promover seu último filme chamado “Amantes” (Two Lovers).

Começou então a se suspeitar se esse comportamento era verdadeiro ou não quando se descobriu que supostamente estava sendo filmado um documentário sobre a aposentadoria do ator com direção de Casey Affleck, cunhado de Phoenix.

Finalmente em 2010 o filme “I´m Still Here” foi lançado e não demorou muito para Affleck e Phoenix admitirem que nada daquilo era real. Tratava-se apenas de um falso documentário e o comportamento de Phoenix era tudo atuação.

Foi necessária muita coragem para levar esse projeto adiante, afinal de contas poderia ter realmente prejudicado a carreira tanto de Phoenix quanto de Affleck. Mas a idéia é até interessante de mostrar um ator de Hollywood em crise e em decadência para criticar o papel da mídia em relação a vida das celebridades.

A idéia do filme é boa, mas o resultado deixa muito a desejar. O filme levanta questões interessantes sobre o mundo das celebridades, mas falha ao dar respostas sobre o assunto.

O comportamento de Phoenix durante o filme é muito estranho e exagerado. Sua tentativa de virar artista de hip hop soa muito falsa. Talvez se ele não tivesse exagerado tanto poderia ter conseguido um resultado mais interessante.

O filme até possui algumas partes interessantes. Algumas engraçadas, outras meio tristes e relexivas sobre a reação das pessoas em relação ao comportamento de Phoenix. Mas a conclusão do filme é muito pífia e apesar da boa idéia o resultado deixa bastante a desejar.
Postar um comentário