propaganda

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Inimigos Públicos

Título Original: Public Enemies (EUA , 2009)
Com: Johnny Depp, Christian Bale, Marion Cotillard, Jason Clarke, Rory Cochrane, Billy Crudup, Stephen Dorff, Stephen Lang, John Ortiz, Giovanni Ribisi, David Wenham, John Michael Bolger e Bill Camp
Direção: Michael Mann
Roteiro: Ronan Bennett, Michael Mann e Ann Biderman
Duração: 140 minutos

Nota: 3 (bom)

Criei bastante expectativa em relação ao filme “Inimigos Públicos” por reunir o diretor Michael Mann com um elenco bem interessante protagonizado por Johnny Depp e Christian Bale. Acabei me decepcionando um pouco, apesar do filme ser bom. Realmente esperava um algo mais que nunca aparece na tela.

A história é até interessante. Baseada em fatos reais mostra a perseguição do FBI ao gangster John Dillinger (Depp), um dos maiores ladrões de banco da época, liderada pelo policial Melvin Purvis (Bale). A trama se passa nos anos 30 durante a grande depressão e mostra a mudança em busca da modernidade tanto dos bandidos quanto da polícia em suas maneiras de agir.

O filme até tenta ser moderno na parte estética já que o diretor optou por filme com câmeras digitais. A fotografia é interessante, mas não chama muito a atenção dos mais leigos. Mann já vinha adotando uma mistura de digital com película em seus filmes e antes tinha obtido resultados mais interessantes como em “Colateral”.

O roteiro é bem convencional e falha bastante na parte dramática. Mostra os fatos de maneira bem realista e a fotografia ajuda com a reconstituição de época, mas não consegue construir uma história interessante ao mostrar o conflito entre Dillinger e Purvis. Os atores entregam boas atuações, mas falta a narrativa construir um drama melhor na história.

Acho até que Depp não funcionou muito bem num papel tão convencional. Ele está bastante contido. E Bale aparece pouco no filme. Além disso, Marion Cotillard não funciona como o par romântico de Depp. Os dois não conseguiram muita química juntos.

No final sobram apenas algumas cenas bem realizadas de perseguição e tiroteios como grandes destaques do filme, além da fotografia. Mas não são suficientes para tirar o filme do lugar comum e um resultado apenas satisfatório. É uma pena, pois com esse elenco o diretor se esperava algo bem mais interessante.
Postar um comentário