propaganda

domingo, 5 de maio de 2013

Da Vinci's Demons


Com: Tom Riley, Laura Haddock, Blake Ritson, Elliot Cowan e Lara Pulver
Criado por David S. Goyer
Emissora: Starz (EUA), no Brasil exibido pelo canal Fox

 

Esse ano resolvi assistir conferir seriados novos aproveitando que estou com TV por assinatura em casa e também para ter assunto aqui no blog. Após assistir “Hannibal”, resolvi arriscar com “Da Vinci's Demons”. A série foi criada por David S. Goyer e conta uma história de ficção mostrando a juventude de um dos maiores gênios da humanidade: Leonardo da Vinci.

David S. Goyer tem um currículo razoável no cinema com alguma experiência na televisão. Já dirigiu filme regulares como “Blade Trinity”, mas também escreveu o roteiro de muitos filme como “Batman Begins” junto com Christopher Nolan (sendo que a história é de David), entre outros. Sua participação nos filmes do Batman me deixaram curioso em relação ao seriado.

A ideia da serie é criar uma aventura fantástica de ficção mostrando a juventude de Da Vinci. O personagem “sofre” pelo seu dom, isto é, por ser um gênio. Numa época em que a religião manda em tudo ele é considerado um herege. E irá lutar para expor as mentiras da religião e tentar subverter a ordem da sociedade dominada pela elite e também tentar o seu lugar apesar de ser um filho bastardo.

O 1º episódio chamado "The Hanged Man" mostra a coisa não é tão simples assim. Parece que o canal americano Starz quer dar um tom parecido com outro programa de sucesso: Game of Thrones. O estilo da serie lembra um pouco o da HBO com direito a cenas de sexo, nudez e violência. Mas talvez não tão serio assim.

O personagem de Da Vinci é uma boa pinta que usa seu talento como artista e inventor para seduzir mulheres. E também é uma especie de herói que ao ver alguém sendo oprimido não perde tempo e puxa sua espada para defendê-lo (sim, ele também é excelente em brigas). Ou seja, ele é o cara.

Mas aí entram uns elementos meio fantásticos e parece que Leonardo é meio que um escolhido. Ele tem umas visões e é atormentado por algo mais que o seu talento. Como pano de fundo temos várias conspirações em busca de poder envolvendo cidades italianas, então provavelmente teremos batalhas e jogo sujo nos próximos episódios.  Ou seja, tudo parece muito genérico e a presença de Da Vinci é apenas uma desculpa para explorar uma figura conhecida com uma nova “visão”.

O elenco também não ajuda muito. Tom Riley não é muito carismático como o personagem principal e o restante dos atores são bem limitados entrando atuações bem caricatas.

Esse 1º episódio teve uma boa audiência que foi suficiente para o programa garantir uma 2ª temporada, sendo que a 1ª terá 8 episódios. Aqui no Brasil a série estreou no dia 16 de Abril de 2013 no canal Fox às 22:30 (e continua sendo exibido sempre às terças nesse horário), apenas 4 dias após os EUA.

Confesso que não fiquei muito empolgado com esse 1º episódio já que o lado artista do personagem é deixado de lado. Talvez fosse mais interessante tentar explorar isso também, quem sabe nos futuros episódios. Mas ao que tudo indica o programa está mais interessado em aventuras e sexo, que garantem a audiência, e deixando a importância artística de Leonardo de lado pensado apenas em explorar essa nova visão de sua vida que acaba soando como um seriado genérico. 
Postar um comentário