propaganda

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Os Suspeitos

Título Original: Prisoners (EUA , 2013)
Com: Hugh Jackman, Jake Gyllenhaal, Viola Davis, Maria Bello, Terrence Howard, Melissa Leo, Paul Dano, Dylan Minnette, Zoe Borde, Erin Gerasimovich, Kyla Drew Simmons, Wayne Duvall e Len Cariou
Direção: Denis Villeneuve
Roteiro: Aaron Guzikowski
Duração: 146 minutos


Nota: 5 (excelente)

Infelizmente "Os Suspeitos" é o 1º filme do diretor canadense Denis Villeneuve que eu assisto. Isso porque o seu 1º trabalho nos EUA reúne um excelente elenco para contar um suspense de grande qualidade e muito bem construído que toca em questões morais bem interessantes.

Tudo começa quando a filha de 6 anos de Keller Dove (Hugh Jackman) desaparece junto com uma amiga. O detetive Loki (Jake Gyllenhaal) fica responsável pela investigação e o primeiro suspeito é Alex (Paul Dano), que acaba sendo solto por falta de provas. Então Keller resolve tentar resolver por conta própria e sequestra o suspeito e o prende para torturá-lo em busca de informações sobre sua filha. Enquanto isso o detetive continua a investigação.

O título original do filme que é “Prisoners”, prisioneiros em português, ilustra bem a situação dos personagens. Cada um deles preso de alguma forma. Seja literalmente no caso do suspeito ou de maneira metafórica como o caso do detetive que fica preso na investigação em busca de uma solução.

O grande ponto do filme é o roteiro escrito por Aaron Guzikowski. A maneira como a história é desenvolvida é sensacional. Aos poucos as pistas do caso vão surgindo e algumas que inicialmente não parecem fazer sentido irão se revelando no decorrer da história. Tudo feito de maneira complexa, inteligente e intrigante. Muitas reviravoltas e surpresas estão presentes, mas nada soa forçado e isso é muito bom e difícil de ser realizado.

O segundo destaque é o elenco. O roteiro ajuda na construção dos personagens enquanto os atores fazem sua parte dando vida a eles de maneira brilhante. Sem dúvidas o papel mais difícil é o do detetive Loki interpretado por Gyllenhaal que sempre fica preso as suas limitações como policial por estar apenas trabalhando tentando não se envolver emocionalmente com o caso.

Já Keller, personagem de Jackman, está o tempo todo mostrando as suas emoções e do quanto está disposto a fazer qualquer coisa para tentar encontrar sua filha. O restante do elenco também está muito bem e fica até difícil destacar apenas alguns.

A duração do filme com mais de 2 horas da tempo suficiente para se construir toda a narrativa sem pressa beneficiando o desenvolvimento dos personagens. O clima da trama também envolve uma atmosfera bem tensa, densa, triste e melancólica retratando bem o clima frio do inverno onde a história se passa e a situação dos personagens com uma ótima fotografia de Roger Deakins (007 – Operação Skyfall).

Considerando o tipo de filme envolvendo investigação de um crime, serial killers e coisas do tipo, esse aqui é uma incrível surpresa por conseguir trazer uma incrível qualidade para o gênero. Sem dúvidas um dos melhores filmes de 2013.
Postar um comentário