propaganda

sábado, 15 de dezembro de 2007

A Hora do Rush 3

Título Original: Rush Hour 3 (2007)
Com: Chris Tucker, Jackie Chan, Hiroyuki Sanada, Jingchu Zhang, Max Von Sydow, Noémie Lenoir, Yvan Attal, Tzi Ma, Youki Kudoh e Roman Polanski
Direção: Brett Ratner
Roteiro: Jeff Nathanson
Duração: 90 minutos


O ano de 2007 foi marcado por várias continuações, principalmente por terceiras partes. Parece que é a “maldição dos 3”, pois a grande parte deles acabou de certa forma sendo um pouco decepcionantes por não apresentar a mesma qualidade dos anteriores.

A Hora do Rush 3” veio para confirmar essa “maldição”. Seis anos após o segundo conseguiram juntar novamente a dupla Chris Tucker e Jackie Chan com o diretor Brett Ratner, pois supostamente tinham encontrado um roteiro que valesse a pena. Mas na verdade acho que a demora foi para poder chegar num acordo de quanto cada um ia ganhar nessa continuação.

A história tem Paris como cenário principal, provavelmente para dar novos ares a série, já que não surgiram boas idéias para a trama. Mais uma vez o agente Kong Lee (Chan) e Carter (Tucker) se unem, dessa vez para investigar o assassinato do embaixador da China em visita aos EUA. A investigação acaba indo parar em Paris.

Claro que a história nunca foi o mais importante na série, mas sim a química e as piadas entre os protagonistas, além é claro das cenas de ação e porrada. E é justamente nisso que o filme peca mais. Nem mesmo os tradicionais erros de gravação no final do filme são legais.

O resultado final é um filme bem inferior aos dois primeiros, que salvo alguns poucos bons momentos, deixa muito a desejar. Não chega a incomodar, mas também não diverte. Um desses poucos bons momentos que vale a pena citar é a participação inusitada do diretor Roman Polanski como um policial francês. Totalmente sem noção!
Postar um comentário