propaganda

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Capitalismo - Uma História de Amor

Título Original: Capitalism: A Love Story (EUA, 2009)
Com: Michael Moore, Thora Birch, William Black, Elijah Cummings e Marcy Kaptur
Direção e Roteiro: Michael Moore
Duração: 127 minutos

Nota: 3 (bom)

O cineasta Michael Moore está de volta com um novo documentário chamado “Capitalismo - Uma História de Amor”. Aqui no Brasil o filme foi exibido em alguns festivais especializados no gênero e acabou sendo lançado diretor em video.

Seu estilo irônico continua o mesmo, mas seu estilo de filme que tinha virado meio panfletário em sua campanha anti-Bush está menos sensacionalista e mais voltado aos fatos.

Dessa vez o tema de sua manifestação é o capitalismo, mais explicitamente falando sobre como a última crise ocorrida na economia dos Estados Unidos afetou o país, onde a classe média acabou sendo a maior prejudicada.

Confesso que estava de saco cheio do seu estilo após “Fahrenheit 11 de Setembro”, onde sua campanha anti-Bush acabava falando mais alto, bem diferente do jeito inteligente e irônico de “Tiros em Columbine”. Tanto que acabei nem assistindo “Sicko – S.O.S. Saúde” que fala sobre os problemas da saúda nos EUA, mas resolvi dar mais uma chance a Moore.

Ele faz uma boa contextualização história para explicar como o país chegou a crise. Além disso, ele continua indo bater de frente contra os responsáveis, como por exemplo, ir atrás dos banqueiros pedindo para eles devolverem o dinheiro da população.
Moore mostra mais uma vez seu talento para contar uma história, convencer o espectador do seu ponto de vista e chamar a atenção para o problema. Ainda não foi dessa vez que ele fez algo tão bom quanto ‘Columbine’, mas já foi um grande avanço no que ele andava fazendo. Parece que a saída de Bush da casa branca fez bem ao diretor.
Postar um comentário