propaganda

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Se Beber, Não Case! Parte II

Título Original: The Hangover Part II (EUA , 2011)
Com: Bradley Cooper, Zach Galifianakis, Ed Helms, Justin Bartha, Ken Jeong, Paul Giamatti, Mike Tyson, Jeffrey Tambor, Mason Lee, Jamie Chung, Yasmin Lee, Aroon Seeboonruang e Nick Cassavetes
Roteiro: Craig Mazin e Scot Armstrong
Direção: Todd Philips
Duração: 102 minutos

Nota: 4 (ótimo)

Evitei ao máximo assistir qualquer trailer ou ler sobre a história de “Se Beber, Não Case! Parte II” para evitar spoliers e estragar as surpresas. O primeiro filme foi genial e muito engraçado, ia ser complicado conseguir fazer algo tão bom quanto. Realmente a continuação é inferior, mas é muito engraçada e irá agradar em cheio quem gostou do primeiro.

A estrutura do filme é basicamente a mesma do primeiro, só que agora no lugar de Lãs Vegas temos a exótica Bangcoc na Tailândia. Dessa vez quem vai casar é o personagem Stu (Ed Helms), que ficou traumatizado com a despedida de solteiro. Ele até tenta evitar que acontecesse o mesmo da outra vez, mas não consegue.

Então temos de novo o “bando de lobos”, formado por Stu, Phil (Bradley Cooper) e Alan (Zach Galifianakis) tentando descobrir o que houve na noite anterior enquanto procuram por um novo personagem desaparecido. E nessa procura se metendo em outras confusões.

Como era de se esperar, as situações enfrentadas pelos personagens são mais exageradas, absurdas e sem noção do que o primeiro. Afinal de contas tinha que ser assim, porque ia ser difícil conseguir criar algo muito novo e diferente do primeiro e a coisa acabar perdendo um pouco do sentido.

Talvez as situações acabam soando um pouco forçadas em alguns momentos, mas não chegam a comprometer a diversão. Sem dúvidas não é tão genial e surpreendente quanto o primeiro, mas ainda assim é muito bom.

O filme está indo muito bem nas bilheterias, então tudo indica que teremos um terceiro filme. Talvez esse ainda prometa ser mais interessante por teoricamente ser o casamento do único personagem que falta: Alan (Galifianakis). Só em pensar no casamento dele eu já começo a rir. Imaginem se fosse no Brasil!? Ia ser sensacional! Mas parece que já escolheram Amsterdã.
Postar um comentário