propaganda

domingo, 23 de outubro de 2011

Missão Madrinha de Casamento

Título Original: Bridesmaids (EUA , 2011)
Com: Kristen Wiig, Maya Rudolph, Rose Byrne, Melissa McCarthy, Chris O'Dowd, Jon Hamm, Matt Lucas e Ellie Kemper
Direção: Paul Feig
Roteiro: Kristen Wiig e Annie Mumolo
Duração: 127 minutos

Nota: 4 (ótimo)

A primeira coisa que li sobre o filme “Missão Madrinha de Casamento” é que se tratava de uma versão feminina de “Se beber, não case”. Após assistir não diria que essa é a melhor maneira de descrevê-lo. Enquanto o “filme de macho” se concentra apenas na despedida de solteiro, o “filme de mulherzinha” narra os preparativos para o casamento.

Judd Apatow é um dos produtores do filme, então outro erro é pensar que se trata de mais um filme da sua “grife” e da sua “turminha”. Na verdade os 2 grandes nomes do filme são o diretor Paul Feig, criador do seriado “Freaks and Geeks”, e a roteirista e protagonista Kristen Wiig, que faz parte do elenco do programa de humor Saturday Night Live.

Uma das coisas que o diretor trouxe do seriado “Freaks and Geeks” é misturar o tom de comédia com leves toques de drama. Apesar do casamento como tema de fundo, o tema principal do filme fica por conta de amizade entre Annie (Wiig) e Lillian (Maya Rudolph). E como Wiig é também uma das roteiristas, então da para perceber o seu estilo ácido e escrachado trazido do Saturday Night Live.

A história gira em torno do casamento de Lillian no qual Annie será a madrinha e responsável por organizar as comemorações. Os problemas começam com a disputa pela atenção da noiva quando Helen (Rose Byrne), mulher do chefe do noivo, começa a ganhar a amizade da noiva graças ao seu talento e grana para organizar o casório. Aí é que começa a crise de amizade entre Annie e Lillian graças ao ciúme de Annie que está com problemas em sua vida pessoal e não parece estar acertando nas escolhas das comemorações.

Quando todas as madrinhas se reúnem é a hora que o filme tem seus melhores momentos. As coadjuvantes formadas por Rita (Wendi McLendon-Covey), Becca (Ellie Kemper) e Megan (Melissa McCarthy) roubam a cena quando estão na tela. O grande pecado do filme é não explorar melhor esse momento delas juntas e focando mais na amizade entre Annie e Lillian.

O filme consegue dosar bem o humor inteligente e escrachado com leves toques de drama e explora muito bem o elenco ao mostrar personagens interessantes e pouco caricatos. Tem uns momentos embaraçosos que irão garantir boas risadas. Pena que não explorou melhor o momento das madrinhas reunidas, com certeza o resultado teria sido sensacional.
Postar um comentário