propaganda

domingo, 19 de janeiro de 2014

O Lobo de Wall Street

Título Original: The Wolf of Wall Street (EUA, 2013)
Com: Leonardo DiCaprio, Jonah Hill, Kyle Chandler, Jean Dujardin, Jon Bernthal, Jon Favreau, Rob Reiner, Jake Hoffman e Matthew McConaughey
Diretor: Martin Scorsese
Roteiro: Terence Winter
Duração: 180 minutos


Nota: 5 (excelente)
O diretor Martin Scorsese se junta mais uma vez ao ator Leonardo DiCaprio em mais uma bem sucedida parceira que resulta no excelente “O Lobo de Wall Street”. E se a especialidade do diretor são filmes sobre mafiosos, dessa vez o foco são outro tipo de contraventores da lei: os corretores de Wall Street. Ou mais especificamente sobre um deles: Jordan Belfort, vivido por DiCaprio.

Acompanharemos a história desse fascinante personagem que se tornou um dos grandes corretores de Wall Street ao montar uma empresa de venda de ações na bolsa que arrumou maneiras ilegais de ganhar dinheiro. E foi muito dinheiro! MUITO mesmo! Então veremos todos os exageros que essa ganância e excesso de dinheiro podem fazer com um ser humano.

Excessos, essa é a melhor maneira de definir Jordan Belfort. E o filme faz questão de retratar muito bem todos os absurdos que envolveram sua vida. Seja o uso de drogas, ostentação do dinheiro com carros esportes e mansões, e obviamente do sexo sempre explorando as mulheres como se fossem apenas objetos.

O melhor é como isso é mostrado ao retratar os absurdos de maneira cômica, mas ao mesmo tempo deprimente. E o filme alterna esses momentos seja de uma discussão sobre as regras a respeito de uma competição de arremesso de anões ou sobre como descer uma pequena escada que devido ao efeito das drogas parece ser a coisa mais difícil do mundo.

É impressionante ver a atuação de Leonardo DiCaprio em uma das melhores interpretações de sua carreira. Ele está brilhante! E o restante do elenco também está sensacional. Destaques para Jonah Hill que traz seu talento cômico para fazer uma ótima dupla com DiCaprio e para Matthew McConaughey que faz uma ponta no início do filme como um dos mentores de Jordan e rouba a cena fazendo falta no restante da projeção. Mas tudo bem, DiCaprio carrega bem o filme.

É muito bom ver também como Martin Scorsese continua em forma como diretor e consegue realizar mais um excelente filme que apesar de o tema parecer um pouco com seus outros filmes, como “Cassino”, “Os Bons Companheiro”, "Os Infiltrados" e afins, ao retratar os “mafiosos” de Wall Street ele consegue mostrar uma energia muito boa ao retratar todos os absurdos de maneira bastante engraçada e divertida, mas nem por isso menos deprimente. Sem dúvidas um dos melhores e mais divertidos filmes do ano.
Postar um comentário