propaganda

sexta-feira, 13 de junho de 2014

O Lobo Atrás da Porta

Título Original: O Lobo Atrás da Porta (Brasil , 2013)
Com: Leandra Leal, Milhem Cortaz, Fabiula Nascimento, Tamara Taxman, Juliano Cazarré, Paulo Tiefenthaler, Thalita Carauta e Isabelle Ribas
Direção e Roteiro: Fernando Coimbra
Duração: 100 minutos

Nota: 4 (ótimo)

É bom ver o cinema brasileiro surpreendendo com ótimas produções que fogem das comédias com formato de televisão. Mais uma delas é “O Lobo Atrás da Porta”. É o primeiro filme do diretor Fernando Coimbra, que também escreveu o roteiro, após uma longa experiência em curta-metragens.


O filme começa mostrando Sylvia (Fabiula Nascimento) indo buscar sua filha (Isabelle Ribas) na escola e descobrir que alguém a buscou em seu lugar. Desesperada ela vai fazer uma queixa na delegacia. Seu marido Bernardo (Milhem Cortaz) chega em seguida e o policial (Juliano Cazarré) começa a questioná-los para tentar achar pistas do que aconteceu com a menina. Ele descobre que o pai estava tendo um caso com Rosa (Leandra Leal) que acaba virando suspeita. Através do marido, esposa e amante o policial começa a ouvir a versão de cada um do ocorrido e aos poucos vai tentar descobrir o que realmente aconteceu.

A história trata de temas bastantes complicados e delicados ao mostrar a relação entre família, o marido que traí a esposa, a amante e os limites entre aceitar ser apenas a outra ou não. É interessante ver a visão machista do marido ao contar pro policial que está tendo um caso dizendo que é a coisa mais normal do mundo que acontece com frequência. Talvez sim, talvez não. O mesmo responde que não sabe de nada.

O roteiro consegue criar um clima dramático muito bom que consegue criar tensão e as vezes até um pouco de riso em momentos como por exemplo quando o policial diz que está parecendo estar numa terapia de casais. E felizmente a trama não segue pelo caminho mais fácil e não faz concessões para chegar no seu objetivo

É bom ver o desenvolvimento dos personagens e do que eles são capazes de fazer seja em nome do amor em em nome da família. E além do ótimo roteiro isso funciona graças ao elenco que é muito bom. Milhem Cortaz consegue aos poucos tirar o estigma do personagem vivido nos “Tropa de Elite” mostrando um homem que consegue ser machista e forme, mas ao mesmo tempo frágil. Mas sem dúvidas o filme é de Leandra Leal que tem uma performance maravilhosa se consolidando como uma das melhores atrizes da atualidade.
O Lobo Atrás da Porta” pode parecer um simples drama sobre o que aconteceu com a menina desaparecida, mas surpreende ao ser um drama muito forte e interessante que não vai deixar de mostrar o que seus personagens são capazes de fazer. E que tem um final bem intenso e tenso.
Postar um comentário