propaganda

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Ressaca de Amor

Título Original: Forgetting Sarah Marshall (2008)
Com: Jason Segel, Kristen Bell, Mila Kunis, Russell Brand, Bill Hader, Paul Rudd, Liz Cackowski e Jonah Hill
Direção: Nick Stoller
Roteiro: Jason Segel
Duração: 111 minutos


Nota: 3 (bom)

O diretor, roteirista e produtor Judd Apatow, responsável por comédias como “Superbad” e “Ligeiramente Grávidos” continua fazendo mais filmes de sucesso nos EUA. Dessa vez ele produziu “Forgetting Sarah Marshall”, que ganhou o nome no Brasil de “Ressaca de Amor” e infelizmente por aqui será lançado direto em DVD. Quem gostou dos filmes já citados pode conferir esse sem medo que é garantia de diversão.

O ator Jason Segel escreveu o roteiro e protagoniza o filme. Jason vive Peter, um músico compositor da trilha de um seriado de TV estrelado por Sarah Marshall (Kristen Bell), que é sua namorada. Eles estão juntos há 5 anos e ela resolve largá-lo para ficar com outro cara. Ele fica devastado e resolve fazer uma viagem para o Havaí para tentar esquecê-la. O problema é que ao chegar no hotel descobre que ela também está lá com seu novo namorado.

O filme brinca justamente com as comédias românticas, colocando o personagem nas situações mais embaraçosas possíveis. Mesmo sua ex-namorada estando lá ele resolve continuar no hotel onde começa a fazer amizade com alguns dos funcionários do lugar, incluindo a recepcionista Rachel (Mila Kunis), que acaba virando seu novo interesse amoroso.

O elenco foi bem escolhido com ótimos comediantes, começando pelo protagonista. Como não poderia deixar de acontecer, rolam algumas participações especiais dos amigos do Judd como Jonah Hill (Superbad) ou outras mais curiosas como a do ator Willian Baldwin.

Boas risadas e um bom elenco garantem a qualidade do filme, que foi sucesso de crítica e público nos EUA. Uma boa mistura de comédia romântica com um humor mais sarcástico e besteirol sem ser idiota.

Judd prova mais uma vez seu talento, aqui apenas como produtor, capaz de reunir e apresentar novos talentos e entregar boas comédias.
Postar um comentário