propaganda

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Pagando Bem, que Mal tem?

Título Original: Zack and Miri make a porno (EUA, 2008)
Com: Seth Rogen, Elizabeth Banks, Traci Lords, Jason Mewes, Ricky Mabe, Craig Robinson, Katie Morgan, Justin Long, Brandon Routh e Jeff Anderson
Direção e Roteiro: Kevin Smith
Duração: 101 minutos

Nota: 5 (excelente)


Kevin Smith está de volta com “Zack and Miri make a porno” (Zack e Miri fazem um filme pornô), que aqui no Brasil ganhou o título “Pagando Bem, que Mal tem?”. Ficou meio tosco, mas até que faz algum sentido. O título em inglês explica melhor a história do filme. Zack (Seth Rogen) e Miri (Elizabeth Banks) são dois amigos que moram juntos e estão com dificuldades para pagar as contas. Eis então que Zack tem a brilhante idéia dos 2 produzirem e estrelarem um filme pornô.

Claro que a idéia de produzir um filme pornô irá render várias piadas, desde a escolha do título a escolha do elenco. Além disso, a idéia dos 2 amigos fazerem sexo pode acabar abalando a amizade. Mas não irei contar mais para não estragar a história.

Quem conhece os filmes de Kevin Smith sabe o quão nerd ele é e as inúmeras referências pop presentes em suas histórias. Aqui ele consegue achar um ótimo equilíbrio entre seu universo nerd e um filme mais “comum”, agradando assim um público mais abrangente sem deixar de lado os seus fãs.

Ele tinha tentado fazer um filme “menos nerd” com “Menina dos Olhos”, mas o resultado acabou sendo bastante razoável. Logo depois veio a volta total ao seu mundo nerd ao fazer a continuação de “O Balconista”. Dentro da sua filmografia, talvez o filme que mais se pareça com esse é “Procura-se Amy”.

Apesar do tema “polêmico” que é o mundo da pornografia, ainda mais em uma sociedade tão moralista quanto a Americana, o filme acaba sendo até um pouco moralista também. Smith apesar do seu humor ácido não deixa de ser também um pouco “careta”. Então podem esperar que o filme também tem sua parte romântica e bonitinha. Ele consegue ser sensível sem ser muito piegas.

O elenco merece destaque por ter participação da ex-atriz pornô Traci Lords, assim como Jason Mewes, sempre presente nos filmes de Smith fazendo dupla parte da dupla Jay e Silent Bob (interpretado por Smith), mas que aqui ganha um novo papel. A dupla de protagonistas também está muito bem. Seth Rogen já é figurinha fácil e conhecida das comédias da turminha de Judd Apatow, e Elizabeth Banks acaba revendo um bom talento para o humor.

Agora quem rouba a cena mesmo com pouco tempo é Justin Long fazendo um casal gay junto com Brandon Routh (Superman – O Retorno). Tanto que para compensar seu pouco tempo em tela nos créditos finais tem uma cena escondida com participação deles. Então tratem de esperar pois vale muito a pena, além de ter uma conclusão da história do filme.


O resultado é mais um ótimo filme de Kevin Smith, que tem tudo para agradar os seus fãs e também aqueles que não conhecem ou nunca viram um filme dele. Garantia de diversão e de ótimas risadas.

* O filme tinha data prevista de estréia para 09/01 e depois foi adiada para 16/01. Tive a sorte de conferir na pré-estréia que sempre rola dia de segunda-feira para os "jornalistas", pois resolveram deixar o lançamento para Março, ainda sem data definida. Se continuar assim o mais provável é que seja lançado direto nas locadoras, o que é uma pena.
Postar um comentário