propaganda

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Desejo e Perigo

Título Original: Lust, Caution / Se, jie (EUA / China, 2007)
Com: Tony Leung Chiu Wai, Wei Tang, Joan Chen, Lee-Hom Wang, Chung Hua Tou e Chih-ying Chu
Direção: Ang Lee
Roteiro: Wang Hui-Ling e James Schamus
Duração: 157 minutos

Nota: 3 (bom)

Após ser exibido em festivais e ter estreado lá no Brasil, finalmente chega aos cinemas soteropolitanos o filme “Desejo e Perigo” do diretor Ang Lee. Aqui ele mostra mais uma vez seu talento, que já passou por filmes que envolviam lutas marciais (O Tigre e o Dragão), heróis dos quadrinhos (Hulk) ou até mesmo um romance gay (O segredo de Brockback Mountain), só para citar alguns.

O tema do amor impossível é novamente abordado. Dessa vez a história se passa durante a ocupação japonesa dos territórios chineses durante a segunda guerra mundial. Na trama estudantes de uma universidade formam um grupo de teatro para arrecadar fundos para a resistência. Eles acabam sendo convidados pela resistência para realizarem uma missão: matar um chinês que colabora com o governo de ocupação dizendo quem deve ser morto. Para isso irão colocar a jovem Wang (Wei Tang) para se infiltrar na família do chinês como amiga de sua esposa para tentar seduzi-lo e atraí-lo para uma armadilha.

O filme é uma mistura de romance com espionagem, algo até um pouco parecido com “Duplicidade”, só que aqui o tom da história e o contexto são bem diferentes. Temos muito suspense, drama e um clima de filme noir. O roteiro é baseado num conto de Eileen Chang, uma das grandes escritoras chinesas do século 20.

O que causou mais polêmica no filme são as cenas de sexo, que são bastante cruas e realistas. Por causa disso o filme teve problemas para conseguir distribuição e também teve que ser cortado para ser exibido na China. Mas essa polêmica em relação a sexo é pura bobagem. As cenas são realmente muito importantes para contar a história e principalmente para contextualizar o lado psicológico dos personagens principais.

O ritmo lento e longo da história pode acabar desagradando os que não têm muita paciência em quase 2 horas e meia de filme. Quem não tiver problemas com isso irá apreciar uma ótima história e um bom filme.
Postar um comentário