propaganda

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Os Mercenários

Título Original:The Expendables (EUA, 2010)
Com: Sylvester Stallone, Jason Statham, Mickey Rourke, Terry Crews, Jet Li, Dolph Lundgren, Randy Couture, David Zayas, 'Stone Cold' Steve Austin, Charisma Carpenter, Eric Roberts, Giselle Itié, Arnold Schwarzenegger, Gary Daniels e Bruce Willis
Direção: Sylvester Stallone
Roteiro: Sylvester Stallone e David Callaham
Duração: 103 minutos

Nota: 5 (excelente)

Stallone teve uma idéia brilhante, reunir em um filme grandes astros de filmes de ação. Foi assim que surgiu “Os Mercenários”. Ele conseguiu colocar na mesma cena junto com ele ninguém menos que Arnold Schwarzenegger e Bruce Willis. Apesar de curta essa cena já vale o ingresso do filme. No elenco ainda temos Jet Li, Jason Statham, Mickey Rourke, e Dolph Lundgren.

Para quem é fã de filmes de ação esse filme é realmente um prato cheio. Além do elenco fantástico, ele entrega tudo que o gênero pede: ação, tiros, luta e explosão. Não tinha como dar errado.

Agora não vá pensando que o filme é sério. Muito pelo contrário, o que não faltam são piadas cheias de autoparódia, graças a diálogos muito bem humorados e personagens bastante divertidos.

No filme o grupo Expendables é liderado por Barney (Stallone) e ganha dinheiro resolvendo intrigas na base da porrada sem perguntar muita coisa. Eles são contratados para derrubar um ditador de um país sul-americano. A missão é complicada e eles resolvem não aceitar, mas acabam mudando de idéia graças a “mocinha em perigo” do filme, interpretada pela brasileira Giselle Itié.

A história é legal e segue algumas fórmulas dos filmes de ação. O grande diferencial mesmo é o elenco, os personagens e as cenas de ação. O filme entrega justamente o que propõe e faz isso muito bem.

Stallone dessa vez acertou a mão no tom do filme, bem diferente do tom excessivamente sério e “realista” de “Rambo IV”, não se levando a sério com o personagem, ao mesmo tempo em que caprichou nas cenas de ação.
Talvez eu possa até estar exagerando em dar nota 5 para esse filme, mas é algo bem pessoal mesmo. Sempre fui fã de filmes de ação, principalmente os dos anos 80 e 90 quando Stallone e Schwarzenegger reinavam absolutos. Então o filme me trouxe boas memórias e me fez sentir como uma criança de novo vibrando com cada soco, tiro ou explosão.
Postar um comentário