propaganda

domingo, 18 de setembro de 2005

Amor em Jogo

Título Original: Fever Pitch (EUA, 2005)
Com: Drew Barrymore, Jimmy Fallon, JoBeth Williams e KaDee Strickland
Direção: Peter Farrelly e Robert Farrelly
Roteiro: Lowell Ganz e Babaloo Mandel baseado no livro de Nick Hornby
Duração: 103 minutos


O que dizer sobre uma adaptação para o cinema de mais um livro de Nick Hornby com direção dos irmãos Farrely? O livro em questão foi o primeiro escrito por Nick: “Febre de bola” (Fever Pitch). O filme ganhou o mesmo título original em inglês, mas aqui virou "Amor em Jogo". A primeira coisa a se pensar é os estilos não tem nada a ver. Em seguida vem a adaptação.


As comédias dos irmãos Farrely costumam ter um teor bastante exagerado e escatológico, como em seu maior clássico “Quem vai ficar com Mary?”. O que será que eles irão fazer com o livro de Hornby!? Transformar numa comédia pastelão? Não foi bem isso que aconteceu. Então para os fãs do estilo deles e também dos livros de Hornby, muita calma nessa hora. O resultado é uma comédia romântica estrelada por Drew Barrymore e Jimmy Fallon que segue apenas a premissa básica do livro sobre o fanatismo por um esporte, ou mais especificamente um time.

No livro, Hornby conta em uma espécie de autobiografia sobre seu amor pelo futebol, mais especificamente pelo time do Arsenal, contando os jogos mais importantes desde seus 11 anos de idade. No filme, Ben (Fallon) é um professor de matemática e torcedor fanático do time de beisebol Red Sox. Ele conhece Lindsay (Barrymore) e começam a saírem juntos. Mas então começam os problemas entre o fanatismo pelo esporte e o compromisso com o relacionamento.

Então nem vá assistir ao filme pensando ser mais um filme no estilo dos Farrely ou então baseado fielmente no livro de Hornby. É uma história de amor, com alguns elementos interessantes, mas seguindo a fórmula básica do gênero, feito mais para divertir.

Se o próprio Hornby concordou com o filme e até ganhou crédito como produtor executivo (e claro, muito dinheiro), não vou ser eu que vou ficar aqui reclamando sobre isso.
Postar um comentário