propaganda

quinta-feira, 8 de setembro de 2005

Penetras bons de bico

Título Original: Wedding Crashers (EUA , 2005)
Com: Owen Wilson, Vince Vaughn, Christopher Walken, Rachel McAdams, Isla Fisher, Bradley Cooper e Jane Seymour
Direção: David Dobkin
Roteiro: Steve Faber e Bob Fisher
Duração: 119 minutos


Owen Wilson e Vince Vaughn estrelam o filme “Penetras bons de bico” (Wedding Crashers). Eles fazem parte da “turminha” que está sempre fazendo filmes juntos que ainda conta com Ben Stiller, Luke Wilson e Will Ferrell. A direção ficou nas mãos de David Dobkin, que já havia trabalhado com Owen no filme “Bater ou Correr em Londres”, que também tinha Jackie Chan no elenco.

O filme conta a história de John Beckwith (Owen) e Jeremy Grey (Vince), dois parceiros de negocio e amigos de longa data que compartilham do mesmo hobby: entrar em festas de casamentos de penetra. Não importando ser italiano, chinês ou judeu. O objetivo é conquistar garotas se aproveitando da comoção do evento, seguindo as regras estabelecidas aos “penetras de casamento”. Mas em uma dessas festas, da filha do secretário Cleary (Christohper Walken), eles conhecem suas outras filhas: Claire (Rachel McAdams) e Gloria (Islã Fisher). Jeremy consegue conquistar Gloria, mas ao descobrir que ela é muito grudenta, ele quer ir embora o mais rápido possível. Enquanto isso John começa a se aproximar de Claire. Eles então recebem o convite de ir passar o fim de semana na casa dos Cleary, que seria uma ótima oportunidade de John continuar sua aproximação. Mesmo sem aprovar a idéia, Jeremy resolve ir para não abandonar seu amigo. Isso claro vai gerar muitas confusões e situações engraçadas que irão deixá-los em apuros.

Digamos que a história seja uma mistura de comédia e também de romance. Mas apesar do romantismo, o principal tema com certeza é a amizade. Alias, um filme de amigos, sobre amigos. E o ele segue muito mais ao estilo de uma comédia. Claro que tem alguns momentos românticos piegas, mas ele até consegue te convencer que isso é importante na história a ponto de achar isso “legal”, ou pelo menos aceitável no objetivo da trama.

A química entre Owen e Vince é impressionante e a atuação deles é muito boa. Eles com certeza são as grandes atrações do filme. A “turminha” parece estar sempre com uma idéia mais interessante e criativa sendo colocada em prática. Eles vêm renovando e “revolucionando” as comédias americanas. Esse filme que teve um orçamento baixo para os padrões de Hollywood (20 milhões de dólares), rendeu somente por lá mais de 100 milhões. Sinal que o público também vem aprovando seus filmes. Para quem acompanha o blog, sabe que eu virei fã dos caras e de seus filmes.
Postar um comentário