propaganda

terça-feira, 11 de novembro de 2008

007 - Quantum of Solace

Título Original: Quantum of Solace (2008)
Com: Daniel Craig, Mathieu Amalric, Olga Kurylenko, Judi Dench, Giancarlo Giannini, Gemma Arterton e Jeffrey Wright
Direção: Marc Forster
Roteiro: Paul Haggis, Neal Purvis e Robert Wade
Duração: 106 minutos


Nota: 5 (excelente)

Os filmes do agente James Bond passaram por uma excelente mudança em “Cassino Royale” ao mostrar o personagem em início de carreira como agente 00. O resultado foi uma mistura de Batman Begins com Jason Bourne. Eu sou fã, vi todos os filmes da série, mas somente agora após essa “reinvenção” eu posso afirmar que o negocio realmente é bom e não apenas um simples entretenimento. O resultado se comprova de vez em “007 – Quantum of Solace”.

Pela primeira vez a história tem seguimento de um filme para o outro. A trama começa pouco após os acontecimentos do anterior. Bond está em busca dos culpados pela morte de Vesper Lynd e vai deixando um rastro de sangue no caminho. Nessa busca ele acaba conhecendo Camille (Olga Kurylenko), que também está em sua própria busca por vingança.

O vilão do filme é Dominic Greene, vivido pelo ator francês Mathieu Amalric de “O escafandro e a borboleta”. Disfarçado de ambientalista ele na verdade faz parte de uma organização internacional secreta bastante perigosa e invisível, mas que parece estar em todo lugar.

A direção ficou por conta de Marc Forster (“Em busca da terra do nunca”) que não mexeu muito no estilo criado no filme anterior, apenas colocou mais cenas de ação. Com menos tempo de filme o resultado é um ritmo mais frenético. Depois da construção da história essa era a vez de dar mais espaço a ação. Além disso, o caráter do Bond é desenvolvido mais um pouco.

Não da muito para comparar ‘Cassino’ com ‘Quantum’, um acaba complementando o outro, afinal de contas um é continuação do outro. Dessa forma o resultado é a confirmação dessa nova fase do personagem James Bond como um excelente filme de ação, com uma ótima história e boas atuações.

Alias o título “Quantum of Solace” acabou não ganhando título em português pela dificuldade na tradução. Seria algo como “quantidade de conforto”. Antes manter o original do que colocar alguma tradução tosca e bizarra.

Com certeza esse filme promete fazer ainda mais sucesso do que o anterior. Então agora é só aguardar a próxima aventura de Bond, afinal de contas a história continua, pois a tal organização secreta ainda precisa ser investigada.
Postar um comentário