propaganda

terça-feira, 30 de agosto de 2005

Hotel Ruanda

Em 1994 aconteceu em Ruanda um dos maiores massacres da história atual. Depois da morte misteriosa do presidente do país Juvenal Habyarimana em um acidente de avião. Esse foi o estopim para um genocídio que durou três meses entre os povos de origem tutsi e os hutu. Enquanto o massacre acontecia, o mundo cruzou os braços e deixou tudo acontecer. A ONU foi incapaz de tomar uma medida para dar fim ao conflito. O resultado foi o massacre de 1 milhão de pessoas, 13% da população do país.

Hotel Ruanda” não é exatamente sobre o massacre ocorrido. Ele conta a história Paul Rusesabagina, interpretado por Don Cheadle (“11 homens e 1 segredo”), gerente do hotel Miles Collines que serviu de “abrigo” para muitas pessoas durante o conflito e como ele conseguiu salvar a vida de muitas pessoas.

Dirigido pelo irlandês Terry George, mais conhecido por ter escrito o roteiro do filme “Em nome do pai”, o filme contou com a ajuda do próprio Paul Rusesabagina como consultor. Inclusive o ator Don Cheadle esteve recentemente visitando o hotel e conversou com alguns dos sobreviventes que tinham ficado no hotel.

A história é forte devido aos fatos abordados. O filme tenta sensibilizar com um alto teor dramático na trama, buscando a emoção. Não espere encontrar muitas explicações políticas para o ocorrido, isso é apenas o pano de fundo.

O filme teve 3 indicações ao Oscar desse ano: melhor ator (Don Cheadle), melhor atriz coadjuvante (Sophie Okonedo) e melhor roteiro original.
Postar um comentário