propaganda

quinta-feira, 9 de julho de 2009

17 Outra Vez

Título Original: 17 Again (EUA, 2009)
Com: Zac Efron, Leslie Mann, Thomas Lennon, Michelle Trachtenberg, Sterling Knight, Melora Hardin, Brian Doyle-Murray, Allison Miller e Matthew Perry
Direção: Burr Steers
Roteiro: Jason Filardi
Duração: 102 minutos


Nota: 3 (bom)

No filme “17 Outra Vez” o ator Zac Efron ganha o papel principal, após ter sido revelado em “High School Musical” e ter feito um papel de coadjuvante em “Hairspray”. Aqui ele mostra que realmente tem bastante carisma para estrelar um filme e mostra que consegue mais do que cantar e dançar, já que aqui ele não faz nenhum dos dois. Quer dizer, ele faz só uma pequena dança.

A história segue a fórmula de filmes como “Quero ser grande”, “Vice-versa”, ou os mais atuais “De repente 30” e a refilmagem de “Uma sexta-feira muito louca”.

Aqui temos um menino de 17 anos que no final do colégio abre mão de seguir carreira como jogador de basquete para casar com sua namorada que está grávida. Corta para a atualidade e vemos que a coisa não está boa. Seu casamento acabou, acaba de perder o emprego e não se da bem com seus 2 filhos.

Acontece então aquele lance mágico e ele volta a ter 17 anos. Ele resolve se matricular novamente no colégio para tentar começar tudo de novo. Para isso irá contar com a ajuda do seu melhor amigo, um nerd bastante rico.

Ele percebe então que na verdade o seu objetivo ao ficar jovem não era começar de novo, mas sim tentar resolver seu problema com a família. Ele está no mesmo colégio que seus filhos e vai tentar ajudá-los e também se relacionar com a mãe deles.

Não faltam referências pop ao mundo dos nerds como Star Wars, Star Trek e Senhor dos Anéis. O amigo nerd vivido pelo ator Thomas Lennon sempre rouba a cena e é responsável pelos melhores momentos do filme.

O diretor Burr Steers usa bem a fórmula desse tipo de filme e consegui construir uma história bem leve e divertida, bem diferente de outros filmes da sua carreira como o drama “A Estranha Família de Igby”.

Obs: Infelizmente acabei assistindo a uma cópia dublada do filme e acabaram cometendo um absurdo. Tem uma cena bastante nerd em que 2 personagens conversam em élfico (linguagem dos elfos de Senhor dos Anéis). Ao invés de deixar o original, a conversa foi dublada e ainda aparece a legenda em inglês. Que mico!
Postar um comentário